Com as mudanças de comportamentos das pessoas, as tecnologias sendo plataformas dessas mudanças, também o modo de consumir está mudando rapidamente e fortemente nos últimos anos.

Essas grandes mudanças, forçam Empresas, empreendedores, empresários e toda cadeia do varejo a também terem que buscar grandes mudanças, querendo ou não, toda a cadeia está sofrendo na pele em um caminho sem volta para inovação e novas formas de comércios, como também nos relacionamentos com seus clientes.

O Consumidor

Hoje o consumidor tem nas mãos, muitas informações e opções, ele ou ela estão cada dia mais sabidos, suas relações com as empresas, são cada vez mais próximas, com as pessoas cada vez mais envolvidas em todos os aspectos das marcas. Apoiando tudo isso, tecnologias participam e influenciam essas pessoas em toda sua jornada.

O novo consumidor, é básico, consciente, instantâneo, cauteloso e está em busca de economia. Ele ou ela diversificam cada vez mais, seus canais de compras.

O Brasil ganhou 10 milhões de novos consumidores em 2018 segundo relatório Webshoppers da Ebit/Nielsen.

Como deve ser o novo varejo?

– Focado nas experiências dos clientes

– Cabeça, pensamentos e alma digitais

– Inovação sempre, sem esquecer do básico

– Processos internos ágeis

Conclusão

Olhar e conhecer seu consumidor é a cada dia mais importante, se relacionar com ele para entender e ajudar resolver sua vida, sonhos, desejos, problemas em todas as etapas das suas vidas e dia a dia é essencial, somente na hora dele consumir, não vale mais.

Ser honesto, eficiente e eficaz é básico para manter esse relacionamento. Para ter esse tipo de entendimento e relacionamento com os clientes, somente com apoio de tecnologias, buscas por boa gestão, melhorias de processos, serão possíveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *